Artigos

Vender no consignado ou investir o proprio dinheiro?

Qual a melhor opção? Começar a vender no consignado ou investir do proprio dinheiro para começar?

Bom, essa é uma pergunta que muitas pessoas fazem ao pensar em vender algo. Mas, antes de prosseguirmos, quero que fazer uma pergunta:

Você sabe o que é venda por consignado?

É uma forma de venda que é muito utilizado em cidades do Brasil onde as empresas deixam uma sacola de produtos para a(o) vendedor(a) e, voltam com 30 ou 60 dias.

O que é vendido é pago ao representante da empresa e, os produtos que não são vendidos são entregues.

Geralmente a porcentagem de ganhos é de 30% ou 40%. Depende de cada empresa.

É entregue uma nova sacola/kit de produtos para a pessoa vender. Assim, corta a zero o risco de estoque parado.

Os produtos mais vendidos dessa forma é lingerie, roupas e cosméticos naturais.

Mas, quero analisar com você algumas questões:

E, qual seria a vantagem investir do proprio bolso?

A vantagem seria poder escolher peças que você sabe que irá vender e que sabe que suas clientes gostam.

Pode calcular e lucrar mais pois, tem mais controle da margem de lucro.

Com o tempo, conhece bem os fornecedores e podem negociar melhor com eles.

Peças da moda, moda básica, o estilo que você desejar! Você tem o controle do que escolher.

Qual os riscos em investir do proprio bolso?

Riscos de estoque em excesso por não saber escolher as peças certas para vender.

Descontrole financeiro caso não haja um bom planejamento e uso inteligente do cartão de crédito.

Maior trabalho para organizar, precificar, atender e fazer encomendas. Praticamente uma loja quase pronta.

Qual a vantagem de vender consignado?

Riscos! Esse é o principal fator! Se não vender, devolve.

Toda data marcada o representante vem, pegas as peças, acerta, deixa mais mercadoria e vai embora. Mais simples que isso impossível.

Um produto muito vendido nesse estilo é lingerie. Mas, você pode encontrar roupas, calçados, itens de cozinha, panela, etc.

Qual a desvantagem de vender consignado?

A principal é não poder escolher as peças.

Alguns representantes até conseguem atender alguma encomenda mas, não é muito flexível.

Margem de lucro menor ou não controlada por você.

Para vendedores(as) experientes, passar um dia organizando a devolução de cada representante é muito trabalhoso.

Portanto, o que mais vale a pena? Consignado ou investir do proprio bolso?

Depende…

Se você deseja vender peças estilo “modinha”, o que esta mais em alta entre as blogueiras… eu indico o investimento do proprio bolso.

Como são peças muito requisitadas no momento, você pode colocar uma margem de lucro maior que os 30% geralmente pagos pelos consignado.

Porem, você precisa prestar atenção no fator estoque pois, não compre muitas peças quando a moda já esta em alta, pois, “modinha” tem prazo de validade e, você pode ficar com estoque parado. A modinha vende bem, mas, quando ninguem quer mais, nem com super desconto vende.

Já o consignado é praticamente impossível achar peças da moda pois, a mesma peça fica passando entre uma vendedora e outra por meses e, até o representando vir. Corre o risco do seu cliente não querer mais ou comprar em outro lugar.

O que eu indico a você é…

Não tem experiência, não sabe o que escolher e, tem medo de arriscar. Escolha o consignado.

Aprenda com cada cliente, observe seus gostos, valores que estão dispostos a pagar a vista, tamanhos, todos os detalhes.

Depois que tiver uma boa clientela, saber vender melhor, ter a dinâmica da atividade… comece comprando pequenos kits e insira com suas vendas do consignado.

Só abandone um fornecedor de consignado se for realmente necessário e não render tanto.

Não large o consignado de uma hora para outra. Mudanças bruscas podem te desestabilizar.

E, se for começar a investir do proprio dinheiro, pense bem nas peças antes de comprar e, não pegue a primeira coisa que ver.

Quer aprender mais? Veja nosso artigo “Qual o melhor produto para revender?

Compartilhe essa informação para que mais pessoas possam aprender e se organizar para suas vendas.

Abraços!